Sia – uma cantora que me viciei!

Já amava ela desde o Titanium com o David Guetta, tanto que é minha música de toque do celular…mas o ano passado ela superou a todos com Chandelier, tanto que chegou a ganhar como melhor música de 2014, muito bem merecido! E só fui viciar nela há pouco tempo…(Janeiro 2015) hehe

E ai quando fui começar a procurar cada vez mais o clipe pra assistir essa primeira performance incrível, ela vem com mais essa, que ai sim, me identifiquei…tenho um Elastic Heart!

Porém, infelizmente esse clipe foi alvo de críticas, do tipo pedofilia, o que achei ridiculo! E é ARTE, PURAMENTE ARTE!
Quero mais clipes da cantora com a bailarina Maddie Ziegler, essa menina é demais! E tem um rosto tão angelical…mas oq mais me surpreendeu sobre ela, é que a performance não fica só para montar o clipe, ela faz INTEIRAMENTE ao vivo:

E procurei escutar todas as músicas da Sia, ela é muito fantástica, a voz, os sons diferentes que utiliza, as batidas…(não sou especialista em música ok?) mas ela é DIFERENTE e ao mesmo tempo POP…tão incrível ver que uma cantora conseguiu popularizar músicas com o uso de performance em vídeo-clip! ?

Video-clip “Young and Beautiful” – Lana del Ray

Viciada nessa música!

Trilha sonora do filme The Great Gatsby (recomendo!) encontrei por acaso em alguma das video-montagens em homenagem ao casal Anne e Richard da série The White Queen (a qual ainda falarei por aqui).

E vendo o video-clipe oficial da música, você vê Lana del Rey com um figurino, cabelo e maquiagem típico de uma diva de Hollywood ou caracteristica de uma mulher dos anos 20 ao 40, e a música é claro, nem vou falar da voz dela né? junto com uma orquestra, perfeição! 😀

Categorias: Entretenimento

Video-clip “Where Have You Been” – Rihanna

Tá, eu sei que esse clipe é “velho”, e nem trago ele aqui por que a cantora pop Rihanna está em alta nas rádios, até porque como cantora ela é só mais uma para mim…

O que eu gosto desse clipe é um pouco de mistura de culturas que ela procura demonstrar.

Começando pela referência africana na forma em que ela se veste, nos parceiros de dança e nos locais que acontece as coreografias.

E terminando, com a referência indiana, pela forma que ela se veste, a qual foi bem fiel até nos acessórios no rosto, e pelo efeito visual imitando a Deusa Kali com vários braços, o que é comum na mitologia e cultura indiana, eu considerei essa parte bem melhor que o do clipe Give It Up to Me da Shakira, a qual eu penso que deveria ter feito uma performance bem melhor já que sempre foi a cantora com referências orientais.

Mas uma coisa que não posso negar é que Shakira, ao vivo, canta mil vezes melhor que Rihanna.

Performance “Try” – P!nk – AMA 2012

Em este último domingo, aconteceu o American Music Awards 2012, e de todas as apresentações que foram realizadas, a que mais gostei foi da cantora Pink, com sua mais recente música “Try”. A apresentação:

O fato de ter gostado da apresentação, é porque ela foi fiel a performance que apresenta em seu clipe, de se admirar. O clipe:

Quando vi o clipe, me lembrou o “Did It Again” da Shakira, porém ela nunca fez uma apresentação da performance que acontece no clipe, era algo que esperava dela e acredito que a música teria tido mais sucesso.