Assisti: Em Luta pelo Amor (Dangerous Beauty)

77_3_kinopoisk.ru-Dangerous-Beauty-640669

Se você não gosta de filmes de época ou de romances sobre prostituta, nem se dê trabalho de continuar a ler…agora se você possui a mente aberta, gosta de História, Sociedade, e quer saber mais sobre A MULHER, é aqui mesmo que deveria estar e ler essa indicação de filme!

Continue lendo

A Repercussão Social Hipócrita sobre Bruna Surfistinha

Este filme já deve ter 1 ou 2 anos, então seria super tarde falar em um blog sobre ele, mas essa é uma resenha de um blog que foi extinto.

O que me indignou a ponto de falar especialmente desse filme, foi a hipocrisia de muitas pessoas que ouvi por ai…

Comentei no Filmow: “causaram tanto alvoroço por nada é só mais um filme sobre uma puta…

A questão é que todos assistem e adoram “Uma Linda Mulher” e qual é a diferença?

Romancearam a estória, mas a prática é a mesma.

Bruna Surfistinha | Raquel Pacheco

Uma prostituta que começou a vida porque quis…”  Todos se espantam!

Quantas do mesmo tipo existiram e existem por aí?!?!?! E a sociedade sabe! E nao me refiro somente às prostitutas de profissão.

Não li o livro dela ainda, espero ter a oportunidade pra entender o que se passa na cabeça dela, como mostrou no filme.

Acredito que ela descontou certas frustações dessa maneira como há pessoas que descontam na bebida, drogas, etc.

E claro, que nao sou cega de ver que ela fez porque gosta…mas como toda escorpiana decidida, também saiu dessa porque quis.

Pra completar, ela foi participar daquele programa A FAZENDA da Rede Record, o qual nao assisto então não posso dar a minha verdadeira opinião, mas de amigos que assistiram e me disseram que ela nao faz nada…

Aí é que tá! Só porque a mulher foi prostituta, todos esperavam que ela ia dar showzinho de sexo para todos assistirem???

Uma coisa afirmo:

Não pago as contas dela, não tenho nada que ver com a vida dessa mulher, cada um sabe o que faz, o que ganha e o que perde com suas escolhas.

Deborah Secco

Outra questão que foi de repercussão polêmica, a atriz escolhida para o filme!

Porque ela é uma safada mesmo, por isso escolheram ela!

Foi só isso que escutei dela…

Como as pessoas confudem o trabalho da atriz com o personagem, tsc tsc.

Se lessem realmente as entrevistas inteligentes de Deborah Secco, saberiam que ela uma pessoa totalmente diferente do que é vista.

Mas nao achei que ela foi a escolha certa para o filme, não sei…acho que Juliana Paes com um cabelo loiro seria uma escolha melhor…e aposto que vocês não acham Julia Roberts, uma prostituta, certo?

Mania do povo de endeusar artistas, são seres humanos como todos nós, e não temos nada que ver com a vida deles.

Hipocrisia, só porque escutei comentários do tipo:

É só isso que o Brasil mostra, prostituição! Como se nosso país só servisse pra sexo e blá blá blá

Para tudo!

1º – A prostituição é a profissão mais antiga do mundo! (fonte: Super Interessante)

2º – Toda a sociedade sabe que ela existe e vive dela, a diferença é que as pessoas procuram tapar os olhos sobre sua existência.

3º – Brasil só mostra fama ruim porcausa de um filme?

Então me explica, o que é o Carnaval?

O que são as mulheres dos desfiles das escolas de samba?

O que é a prostituição permitida no Rio e outros locais só pra atrair investimentos através dos estrangeiros que vem pra cá???

4º – Na minha ex-cidade como em outras, vejo tanta gente se vendendo de outras maneiras pior do que a da prostituta profissional e cometendo outros tipos de coisas piores, e as pessoas querem negar de assistir de um filme sobre prostituta?

Também vejo o lado moral da questão, a MULHER é um ser RESPONSÁVEL pela formação da vida ou seja DE SER MÃE…sim, não devemos admirar e concordar com esse tipo de profissão, atitude…AFINAL, NÃO É CERTO.

Como ela vai ser mãe? Que tipo de exemplo vai dar? etc.

Mas…isso já salvou muitas mães de perder os pais de seus filhos e é essa a realidade desde que o mundo é mundo e quem é responsável de isso continuar ou de isso acabar somos NÓS, só que até cada um fizer sua parte…aiai…difícil hein.

É traição? depende…mas não seria bom aprofundar sobre isso.

Bom, poderia falar pra assistirem o filme se ele fosse novidade, mas sei que muitos já assistiram, quem não assistiu ainda, então assista, como também qualquer outro, só fale depois que viu ou experimentou.

E se for pensar, ler e assistir Bruna Surfistinha tá bem melhor do que ler e assistir 50 Tons de Cinza.

Categorias: Crítica

Isso é Educação?

Quino, o cartunista argentino autor da famosa Mafalda, desiludido com o rumo deste século no que diz respeito a valores e educação, deixou impresso no cartum o seu sentimento:

A genialidade do artista faz uma das melhores críticas sobre a criação de filhos (e educação) nos tempos atuais.