#DiáriodeEstudo – ESPM Curso de Marketing Digital – EAD

Cheguei a passar por uma pós-graduação em Design e Criação Publicitária e não registrei nada aqui…na época era muito cansaço, até porque a pós não era nem na cidade que moro (Maringá/PR), era em Londrina/PR, então passava por mini-viagens durante os finais de semana e quando voltava, a única coisa que pensava era: dormir.

Bom, por mais que tenha feito essa pós, a qual não me arrependo, porque abriu minha cabeça para muita coisa, é engraçado dizer que ela me despertou para o Marketing…é aquele Marketing que tinha começado na PUC e desisti…quando meu prof falou que os marketeiros são os que mandam no mercado mesmo sendo chatos, aquilo acendeu uma pólvora em mim que não sabia que existia…mas o marketing tradicional realmente não me apetece.

Foi graças ao meu amigo João Victor Rosada (também ex-chefe mas ele prefere chamar de parceiro de trabalho) e a sua indicação do livro “Negócios Digitais – Alan Pakes” que me fez criar paixão e decisão: quero fazer parte do Marketing Digital.

O que eu não sabia, é que já fazia parte do Mkt Digital, primeiramente, sendo blogger, mas da onde ia imaginar que os blogs que sempre escrevi por prazer, poderiam ter a possibilidade de se tornar fonte de renda e consequentemente uma área específica de trabalho chamada Marketing de Conteúdo?

Era Digital, a Era onde o conhecimento foi feito para ser exposto e compartilhado.

Engraçado também, que possuo um amigo, o Jackson Oliveira, que já me falava e passava essa filosofia, que é propagada principalmente pelos infoprodutores de conteúdo digital, diria uns 2 ou 3 anos antes, e eu não botava fé. 

Perdão amigo, a pessoinha aqui é desconfiada mesmo.

E o que desconfiança gera? Atraso…

Tanto que desde o ano passado, vejo vagas no mercado, exigindo todo um conhecimento de Mkt Digital, que se tivesse escutado meu amigo, estaria milionária como ele e tantos outros huahuahua

E a minha sede de trabalhar com Mkt Digital, principalmente com Midias Digitais e Marketing de Conteúdo é tão grande…que por mais que Maringá esteja abrindo somente há 1 ano, as portas para esse novo ramo, não estou conseguindo chances que possa exercer essa minha vontade de colocar meu conhecimento em prática.

E por qual motivo? Diploma.

Demorei a entender e querer me adequar que por mais que tenha força de vontade em trabalhar e um papo demonstre conhecimento, nada me fará ter razão a me candidatar a uma vaga almejada e me fixar nela, se não mostrar conhecimento registrado em um papel.

Por esse motivo, e Graças a Deus, a ESPM está oferecendo o curso Série: Business Effectiveness – Marketing Digital EAD, e como disse no primeiro post desse ano, 2017 – Ano de Semear, vou tratar de semear todo o estudo que puder para poder me candidatar com êxito nas vagas desejadas.

Com isso,  pretendo fazer um Diário de Estudo quanto a este curso, para poder registrar o que aprendi e quem sabe possa ajudar as pessoas que não estão fazendo o curso no momento mas pretendem, para terem uma noção de como ele é.

Informações Gerais

▪ Início: 21/03/2017 – Encerramento: 30/11/2017

▪ Carga horária: 132 horas

▪ Encontros online: Terças-feiras no horário das 19:00 às 21:00.

Disciplinas

▪ Disciplina integradora 

▪ Mídia Display 

▪ Marketing para buscadores 

▪ E-mail Marketing 

▪ Produção de Conteúdo Digital

▪ Gestão de relacionamento – CRM

▪ Mídias Sociais 

▪ Finanças aplicadas ao Marketing 

▪ Digital Analytics 

▪ Planejamento estratégico 

▪ Etiqueta corporativa e desenvolvimento profissional 

▪ Tópicos emergentes 

Não é o primeiro curso da área de Marketing Digital que faço na vida…estou bem por dentro dos grandes nomes que trouxeram esse conhecimento ao nosso país, ex: Erico Rocha, Conrado Adolpho, Bruno Picinini, Henrique Carvalho, Camila Porto, Ana Tex, Rafael Rez, etc. 

Mas para o mercado nacional que ainda está se abrindo para isso, é mais visto com bons olhos se você possui o diploma de instituições conhecidas e renomadas como ESPM, FGV, etc.

E sei que só obter o diploma não vai resolver a minha vida, existe uma série de características pessoais que fazem você ver se é apto a encarar uma carreira na área.

Mas das poucas experiências que pude ter e do conhecimento que procuro ter, não tem como não me identificar e querer fazer parte disso.

Só espero que todo conhecimento que for adquirir, possa realmente colocar em prática, porque nada melhor que apenas aprender, é aprender trabalhando.

Mas como Benjamin Franklin já citou…”Investir em Conhecimento sempre rende os Melhores Juros“.

George Lucas vendeu Star Wars? NÃOOOOO!!!!!

Não, não estou vindo aqui para fazer uma resenha sobre os filmes…

É para falar sobre outros pontos que andam acontecendo sobre a saga que amo demais!

Bom, quem é fã e já sabe, e também para quem não sabe, George Lucas vendeu a franquia para a Disney…(todos choram)

Não sei como que ele teve a capacidade de fazer isso!

E com isso, a Disney tem a capacidade de anunciar que lançarão mais filmes, o que não me entusiasma nem um pouco e me preocupa muito!

Pô véio! A Disney fazer STAR WARS? to com medo que estrague tudo!

E com essa bomba como noticia, comecei a observar no facebook, o quanto está sendo comercializado e compartilhado produtos da saga.

Tipo assim, ninguém lembrava da saga, tava lá esquecidinha, só quem é nerd e fã pra lembrar e relembrar, aí de repente por essa noticia, o negócio virou popular?

O que mais me irrita em pensar que a Disney vai produzir os filmes, é pensar que vai ter um bando de gerações novas, que nunca ouviram falaram da saga e nem tiveram coragem ou vontade de assistir, começarem a se acharem os “fodões” em dizer que gosta, curte, adora Star Wars!

PQP! Não assistiram a saga várias e várias vezes desde a infância como eu e muitos outros, não tiveram a oportunidade de ver o ultimo filme e querer sair chorando ao ver o destino do Darth Vader, Padmé, Luke e Léia. Isso porque eu gostaria de ter assistido a primeira parte da saga nos cinemas, mas nasci em 89, então só tenho a agradecer a minha mãe por ter me mostrado essa saga desde o começo de minha vida.

Quando assisto, me sinto “nas nuvens”, me sinto como quisesse estar e fizesse parte daquele mundo! Só de ouvir a trilha sonora do Darth Vader, arrepio…(é, prefiro o vilão).

Agora, pra mim, a Disney só vai estragar tudo, e transformar em cada vez mais ignorante essa massa de plástico que anda nascendo.

Sim, eu to muito indignada, e pode me chamar de véia, rabugenta, chata, o que for…nao aguento ver o que a mídia de hoje transforma o original em lixo. 

Vamos rir, porque chorar, não vai resolver a situação né?

Iniciando a minha primeira especialização! Marketing PUC-PR

Vim para Maringá/PR para fazer especialização em Mídias Digitais na Cesumar, mas não fechou turma, então tive que procurar outras opções na área de Comunicação, a qual, tinha muito desejo de realizar.

Surgiram as opções de fazer MBA em Marketing na Cesumar e especialização em Marketing na PUC, a diferença das duas é que, a Cesumar já tinha começado há semanas e é durante á noite na quarta e quinta-feira, e a da PUC, eu pude acompanhar desde o primeiro dia, e é todos os sábado de manhã e a tarde, o que compensa mais para mim, para arrumar um emprego durante a semana e fazer cursinhos profissionalizantes.

Mesmo assim, experimentei de ir na Cesumar e depois na PUC, ver como são as aulas e tals. Por mais que tenha gostado da Cesumar, senti que era como meu amigo disse: “MBA é mais para tirar dúvidas, lá só vai quem já trabalha há um tempo no ramo”, e frequentando as aulas da PUC, senti que era algo desde o inicio, mesmo para quem nunca trabalhou na área.

Fiquei receosa muito antes disso, de pensar se deveria mesmo ou não fazer Marketing, ainda mais que sou formada em Artes Visuais (muito haver né?). Consultei muitas pessoas, entre amigos e profissionais de Comunicação que conheci em Campo Grande/MS. Como também conversei com os coordenadores do cursos, e ainda assim fiquei na dúvida, mas tinha que ver as aulas para crer.

O que muitos não sabem, é que desde pequena queria ser empresária, dizia isso pra mim mesma sempre, mas eu acabei não fazendo ADM de empresas, por ser péssima em cálculo, e achava que poderia ter muito cálculo na faculdade. Não me arrependo de ter feito Artes, aliás, era algo que nem imaginava que ia fazer e amo demais. Graças a faculdade, descobri a área de Design e Comunicação Visual, e minha meta é abrir futuramente uma empresa no ramo. Estou começando através dos meus blogs, e quem sabe consigo após muitos estudos e trabalho né?

Bom, o que posso dizer é que estou amando fazer especialização em Marketing na PUC, estamos tendo o módulo de Estratégia Empresarial, e vamos entrevistar empresários do Shopping Catuaí para entender como funciona a estrutura e gestão de uma empresa.

Pretendo sempre atualizar o blog quanto a especialização, porque é uma felicidade que quero muito compartilhar!