Gladiador – O MELHOR FILME DE TODOS!

MEU FILME PREFERIDO FOREVER!

Como posso começar a dizer porque amo tanto esse filme?

Bom, ele não ganhou 5 Oscar a toa, eu vi ele, devia ter uns 11 anos, foi logo quando saiu para locar, e não esqueço até quando vi ele começando! 

Sempre fui apaixonada por filmes de Guerreiros, no caso esse é de Gladiadores, mas não deixa de ser um tipo de guerreiro, só que dentro das arenas. Como também, sempre fui apaixonada pela História da Idade Antiga. É uma coisa de família, amamos isso, ver essas lutas, brigas, cara a cara, espada a espada, bárbaros, etc. E digo que também que é de outras vidas, mas isso é muito pessoal.

O filme tem uma estória que o destaca dos outros filmes de guerra antiga, não é só sangue pra tudo que é lado, ele apresenta a essência e ao mesmo tempo lição de vida que o Maximus (personagem principal, interpretado por Russell Crowe) tem para nos ensinar, que não importa aonde e como estiver na sua vida, seja o melhor no que faz, e mesmo que a vida te faça perder, não desista e se reerga, Deus está sempre do lado daqueles que realmente não prejudicam ninguém, ajudam quem está em volta e seguem em frente, independe dos obstáculos! 

Além disso, vale realmente a pena ver pela ótima atuação, fotografia, produção, direção, etc. Através dele, conheci a dupla de ator e diretor, Russell Crowe e Ridley Scott, os quais adoro demais em muito outros filmes, ainda falarei sobre a cinematografia deles em outros posts.

Claro que quem é cinéfilo de carteirinha, e não digo só cinéfilo de filmes atuais, mas de filmes antigos, vai concordar comigo que a estória lembra uma mistura de Spartacus (1960) e A Queda do Império Romano (1964), ambos filmados por Anthonny Mann, famoso diretor por filmes de guerras antigas na Clássica Hollywood, não é o primeiro e nem o ultimo filme que ganhou Oscar, inspirado em filmes mais antigos, mas como a população de hoje é rara em ver clássicos, muitos acabam achando que o que é lançado hoje, é super novidade….tolinhos rs.

Mas mesmo assim, o filme mereceu os 5 Oscar, realmente é muito bom, pra quem assiste pela primeira ou mais outras vezes não consegue não gostar dele! Claro que se for adepto a esse tipo de filme né.

Para mim ele também foi um marco, um divisor do cinema, como ele é de 2000, os filmes de guerras dos anos 90 eram um pouco “arcaicos”, tipo não possuíram toda a tecnologia que os filmes após 2000 tiveram para serem filmados, como vemos no Tróia, 300, Rei Arthur, Senhor dos Anéis, Cruzada, etc.

Obs: quando falo de Spartacus, nao é a série que é exibida atualmente, é o filme de 1960, com o ator Kirk Douglas, muitos podem ler, e achar que me enganei quanto a isso, sim, atualmente existe uma série com o mesmo nome e no mesmo estilo, mas existe o filme clássico também.

MAXIMUS! MAXIMUS! MAXIMUS! MAXIMUS! MAXIMUS!

Sissi – A Imperatriz da Áustria

Winterhalter_Elisabeth_2

Falarei sobre essa mulher da História que admiro muito, na parte de biografia, cinema, figurino, literatura, porque depois que a gente vê um filme biográfico que procuramos mais informações sobre o contexto né? Eu pelo menos, sou assim.

Se você não quer ler muito ou não se interessa pelo assunto, pare por aqui e até o próximo post!  Continue lendo

Uma Grande Lição das Mulheres Celtas

As mulheres de origem Celta eram criadas tão livremente como os homens.

A elas, eram dado o direito de escolher seus parceiros e nunca poderiam ser forçadas a uma relação que não queriam.

Eram ensinadas a trabalhar para que pudessem garantir seu sustento, bem como eram excelentes amantes, donas de casas e mães.

A primeira lição era:

Ama teu homem e o segue, mas somente se ambos representarem, um para o outro, o que a Deusa Mãe ensinou: Amor, Companheirismo e Amizade”

Jamais permita que algum homem a escravize: você nasceu livre para amar, e não para ser escrava.Jamais permita que o seu coração sofra em nome do amor.

Amar é um ato de felicidade, por quê sofrer?

Jamais permita que seus olhos derramem lágrimas por alguém que nunca lhe fará sorrir!

Jamais permita que o uso de seu próprio corpo seja cerceado.

Saiba que o corpo é a moradia do espírito. Por que mantê-lo aprisionado?

Jamais se permita ficar horas esperando por alguém que nunca virá, mesmo tendo prometido!

Jamais permita que o seu nome seja pronunciado em vão por um homem cujo nome você sequer sabe!

Jamais permita que o seu tempo seja desperdiçado com alguém que nunca terá tempo para você!

Jamais permita ouvir gritos em seus ouvidos.

O Amor é o único que pode falar mais alto!

Jamais permita que paixões desenfreadas a levem de um mundo real para outro que nunca existiu!

Jamais permita que outros sonhos se misturem aos seus, tornando-os um grande pesadelo!Jamais acredite que alguém possa voltar quando nunca esteve presente!

Jamais permita que seu útero gere um filho que nunca terá um pai!

Jamais se permita viver na dependência de um homem como se você tivesse nascido inválida!

Jamais se ponha linda e maravilhosa a fim de esperar por um homem que não tenha olhos para admirá-la!

Jamais permita que seus pés caminhem em direção a um homem que só vive fugindo de você!

Jamais permita que a dor, a tristeza, a solidão, o ódio, o ressentimento, o ciúme, o remorso e tudo aquilo que possa tirar o brilho dos seus olhos, a dominem, fazendo arrefecer a força que existe dentro de você!

E, sobretudo, jamais permita que você mesma perca a dignidade de ser…MULHER!”

Um lição para todos nós!

The Tudors – Minha Série Histórica Preferida!

Por que amo tanto?

É uma série de época, seguindo a nova linha de séries, onde retratam a realidade do cotidiano daqueles tempos, incluindo sexo, uma boa idéia para aprender História sem ser maçante como nos filmes antigos, ainda mais pra quem tem aquelas curiosidades “Como eles faziam em aquela época?” , “Quais eram os costumes?” , “E como lidavam socialmente com isso?”

Retrata um período forte da História da Inglaterra, um país onde sonho conhecer…😍

Outro bom motivo, é ver e admirar os lindos Jonathan Rhys Meyers (ator irlândes) e Henry Cavill (ator britânico) nos papéis dos respectivos personagens Henrique VIII e Charles Brandon:

E o que não posso deixar de dizer, é a minha admiração pela personagem Ana Bolena, uma vilã/anti-heroína/vítima, mas uma personalidade forte, interpretada pela atriz britânica Natalie Dormer, a qual, para mim, foi a melhor atriz que a interpretou:

E a paixão entre ela e o rei Henrique é algo intenso…não é a toa que foram os pais da Rainha Elizabeth I (outra figura histórica importante e preferida). E a interpretação realizada pelos dois atores foi a melhor!

Sinopse

Jonathan Rhys Meyers, indicado ao Emmy® e vencedor do Globo de Ouro® (Elvis, Missão Impossível III), é o Rei Henry VIII como nunca visto antes: bonito, apaixonado e o “Henry VIII mais sensual da história”. Com avidez pelo poder e desejo pelo amor, o impressionante jovem monarca governa seu reino como vive sua vida: totalmente sem limites. 

Ficha Técnica

Estado: Em DVD

Título Original: The Tudors

Gênero: Drama, História, Série

Direção: Michael Hirst

Roteiro: Michael Hirst

Produtores: Gary Howsam, James Flynn

Elenco: Natalie Dormer (Ana Bolena), Nick Dunning (Tomás Bolena, o Conde de Wiltshire), Maria Doyle Kennedy (Catarina de Aragão), Jonathan Rhys Meyers (Henrique VIII, o Rei de Inglaterra), Henry Cavill (Charles Brandon, o Duque de Suffolk), Sam Neill (Thomas Wolsey, o Lorde Arcebispo de York), James Frain (Thomas Cromwell, o Conde de Essex), Jamie Thomas King (Thomas Wyatt).

País de Origem: Irlanda

Estreia Mundial: 2007

Duração: 545 minutos

Só disponibilizo a sinopse e abertura da 1ª temporada, para ter um gostinho…possui 4 temporadas, queria mais!

Fonte: Filmow http://migre.me/clo3G

Você já conhece a série?